Saiba quais cidades do RN terão o sinal analógico desligado em 2018 - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 2 de junho de 2017

Saiba quais cidades do RN terão o sinal analógico desligado em 2018


A troca definitiva do sinal vai acontecer em maio de 2018


TVPaga


O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) divulgou a relação dos municípios potiguares que vão ter o sinal analógico de televisão desligado em 2018 e passarão a contar somente com o sinal digital. A portaria nº 3.493, publicada no Diário Oficial da União, também estabelece que Beneficiários de programas sociais do Governo Federal poderão receber o kit do conversor para TV Digital de forma gratuita após cadastro no site Seja Digital.


       tv-a-cabo
Foto: Reprodução / Internet

A partir do próximo domingo, dia 4, inserções na programação com a letra “A” irão aparecer nas telas das TV’s com sinal analógico em 26 municípios potiguares. O objetivo é alertar para a contagem regressiva de um ano que tem por finalidade encerrar o sinal analógico e introduzir o digital. A troca definitiva vai acontecer no dia 30 de maio de 2018.
Além de Natal, o sinal analógico será desligado em outros vinte e cinco municípios do Rio Grande do Norte: Arês, Brejinho, Ceará-Mirim, Extremoz, Ielmo Marinho, Lagoa de Pedras, Lagoa Salgada, Macaíba, Maxaranguape, Monte Alegre, Nísia Floresta, Parnamirim, Poço Branco, Riachuelo, Rio do Fogo, Santa Maria, São Gonçalo do Amarante, São José do Mipibu, São Pedro, Senador Giorgino Avelino, Serra de São Bento, Taipu, Tibau do Sul, Vera Cruz e Vila Flor.
TV Digital
A nova portaria complementa outras duas portarias, publicadas anteriormente, que detalham o cronograma de implantação do sistema de TV digital no país. O documento também determina mudanças no conversor digital, de acordo com o que foi proposto e autorizado pelo Grupo de Implantação da TV Digital (Gired). O equipamento garante a interatividade para o telespectador e terá, obrigatoriamente, controle remoto, interface USB, dois tipos de saída de áudio e vídeo, além de permitir a utilização de recursos de acessibilidade.
Os conversores digitais com essa configuração já começaram a ser entregues às famílias do Cadastro Único em várias cidades do Brasil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário