Durante passagem por Currais Novos, Lula afirma: “caráter não se compra, a gente pega no berço” - Jornal Potiguar

Últimas

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Durante passagem por Currais Novos, Lula afirma: “caráter não se compra, a gente pega no berço”

Para o ex-presidente, momento foi para celebrar as "conquistas que o povo potiguar alcançou com os governos do PT"
Lula em currais novos rn

Foto: Ricardo Stuckert

O largo do Hotel Tungstênio, na cidade de Currais Novos, recebeu uma multidão na noite de domingo (27), para acompanhar a chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva – que foi acompanhado pela senadora Fátima Bezerra (PT), o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) e o prefeito Odon Junior (PT), além dos demais integrantes da caravana.
“É preciso conhecer a megadiversidade do Brasil para poder governar a partir da realidade das pessoas, e não da concepção que você tem, dos livros”, afirmou Lula, explicando para o público o propósito por trás da caravana Lula pelo Brasil, projeto com o qual está percorrendo os estados do Nordeste até o próximo dia 5.
“Quando disputei as eleições em 1989, me dei conta de que candidato não consegue conhecer o país. Em campanha, você conhece o aeroporto e o palanque. Aí me deu vontade de viajar o Brasil para conhecer o Brasil e resolvi fazer caravanas.”
“Brasília é uma ilha de fantasia, e quem fica preso naquele palácio não vai nunca governar o país atendendo aos interesses dos brasileiros!”, provocou.
Lula falou sobre a importância dos investimentos em educação. “Em 12 anos, fizemos quatro vezes mais do que eles fizeram em cem anos”, prosseguiu. “E acho importante a mulher estudar, porque, uma mulher tem que morar com o homem porque ela ama esse homem, e não a troco de um prato de feijão ou de um pedaço de pão.”
Para Lula, a educação dá oportunidade para o Brasil ficar mais competitivo a nível internacional. “O Brasil não pode ficar só exportando soja e milho in natura ou minério de ferro. Temos que exportar conhecimento! É isso que é a riqueza de um país, e por isso estou fazendo essa caravana!”
O ex-presidente falou ainda sobre as acusações que vem sofrendo e disparou. “Essa perseguição que estou sendo vitimado não é uma perseguição ao Lula, porque o Lula já tem idade o suficiente, já tem idade, aguenta o tranco. Estão tentando tirar do povo brasileiro as conquistas que tivemos nos últimos anos. Há quanto tempo esse povo não tinha direito de comprar uma casinha para morar, não tinha o que comer, vivia a base de candeeiro, que o produtor rural não conseguia financiamento?”
“Eu tenho 71 anos de idade, e quero dedicar o resto da minha vida para provar que esse país pode ser o melhor país do mundo, um que garanta a cada família comida, cultura, lazer e educação”, disse.
“Porque caráter não se compra na quitanda. Caráter a gente pega no berço”, finalizou Lula, ressaltando ainda a simbologia de tomar um copo de água do rio São Francisco em Campina Grande, na Paraíba. “Eu tomei um copo porque a água chegou e acabou o racionamento, e ela [a transposição] vai chegar ao Rio Grande do Norte!”
Depois de Currais Novos, Lula segue nesta segunda-feira, 28, para Mossoró, onde deverá ser recepcionado a partir das 15h, ao lado da Estação das Artes Eliseu Ventania.⁠

Fonte: Portal N10

Nenhum comentário:

Postar um comentário