Empresas têxteis podem fechar no RN e afetar diretamente na economia - Jornal Potiguar

Últimas

sábado, 16 de setembro de 2017

Empresas têxteis podem fechar no RN e afetar diretamente na economia

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, em nome dos municípios do RN, vem a público manifestar profunda preocupação com a possibilidade de fechamento das "facções têxteis" enquadradas no programa Pró-Sertão, que exerce papel fundamental na geração de emprego e movimentação das economias municipais.
Em dezenas de pequenos municípios, como São José do Seridó, centenas de famílias, milhares de pessoas, dependem diretamente da renda gerada pelo trabalho digno nessas pequenas fábricas que fornecem para grandes empresas de confecções. A FEMURN se somará ao movimento de luta pela manutenção do programa e dos empregos nos municípios.
Num momento de dificuldade financeira, economia retraída, desemprego em alta, não podemos adotar outra alternativa senão mobilizar-se a favor do diálogo, bom senso, e incentivo intransigente aos investimentos que possam manter os postos de trabalho, principalmente nas pequenas cidades.
Benes Leocádio - Presidente da FEMURN
Fonte: ASSESSORIA DE IMPRENSA DA FEMURN

Nenhum comentário:

Postar um comentário