Quase metade dos mossoroenses vai gastar mais de R$ 200,00 nas compras de final de ano - Jornal Potiguar

Últimas

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Quase metade dos mossoroenses vai gastar mais de R$ 200,00 nas compras de final de ano


Pesquisa realizada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Agricultura e Turismo (SEDAT) apontou que quase metade dos mossoroenses vai gastar mais de R$ 200,00 nas compras de final de ano.
De acordo com os dados, entre os consumidores que desejam ir às compras neste fim de ano, 46,19% deles responderam que planejam gastar acima de R$ 200,00. Já 23,32% entre R$ 101,00 e R$ 200,00. Para os que pretendem comprar na faixa que varia de R$ 51,00 a R$ 100,00 o percentual é de 6,73%. As justificativas para a não aquisição de nenhum produto (23,32%) se concentrou principalmente no quesito de economizar (8,97%), houve também a questão do atraso salarial (2,69%), das dívidas (2,69%), e desemprego (2,24%).
A pesquisa verificou também que a grande maioria dos mossoroenses (69,51%) vai gastar com vestuários e calçados, além de perfumes e cosméticos (10,76%), eletrodomésticos/eletrônicos (5,83%), brinquedos (4,93%) e, ainda material de construção (3,59%).
O local das compras preferidos são o comércio de rua (54,26%), devido principalmente a questão dos preços, e o shopping (21,52%), pela comodidade. Existem também os que procurarão a internet: 6,28%.
A pesquisa da SEDAT apontou ainda 35,87% dos mossoroenses estão em situação financeira melhor em comparação ao mesmo período do ano anterior, entretanto outra boa parte (34,53%) diz ter piorado consideravelmente. Sobre a existência de dívidas, cerca de 32,29% dos consumidores ouvidos garantem não as ter. 50,22% se consideram pouco endividados e 15,70% numa situação de endividamento elevado. Estão com as dívidas em dia, 17,49%, contudo 40,36% dizem estarem com o pagamento de parte das dívidas em atraso ou até mesmo totalmente.
A SEDAT ouviu 223 pessoas entre os dias 27 e 29 de novembro de 2017. Confira a pesquisa na íntegra: ANÁLISE – Pesquisa Fim de Ano – SEDAT

Nenhum comentário:

Postar um comentário