Em Nota, Professor/Doutor Gilton Sampaio lamenta demissões de servidores do Campus da UERN em Pau dos Ferros. - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 19 de janeiro de 2018

Em Nota, Professor/Doutor Gilton Sampaio lamenta demissões de servidores do Campus da UERN em Pau dos Ferros.


Nesta quinta-feira, 18 de janeiro, o Diário Oficial do Estado do RN, trouxe a exoneração de 80 servidores da UERN. O Campus de Pau dos Ferros foi pego de surpresa com a demissão de quatro servidores, que a longo dos anos dedicaram suas vidas em defesa dessa instituição acadêmica. Diante do lamentável ocorrido, o Ex-diretor do CAMEAM/UERN, Professor/Doutor Gilton Sampaio, publica nota em solidariedade aos servidores penalizado com o desequilíbrio administrativo que atravessa o país e nosso querido Rio Grande do Norte.

Confira na integra:
A exoneração de mais de 80 servidores da UERN e, em especial, dos servidores Marília Cavalcante, Bário (Francisco Simplício), Dona Toinha e Alexandre Canuto, do Campus de Pau dos Ferros, no Diário Oficial do Estado do RN, hoje, 18/01/2018, nos faz ver, ainda mais, que, nesse país, em cada "crise" são sempre os menores os únicos punidos. *Por que os deputados que aprovaram uma Lei inconstitucional também não foram punidos?* Eles interferiram na vida de dezenas e dezenas de pessoas, prometendo o que não poderiam fazer. E hoje a Assembleia sai impune dessa história. Pessoas que dedicaram uma vida inteira à instituição são escolhidas para serem punidas, mas os responsáveis pela Lei inconstitucional nada sofrem.
Estou triste também pelas perdas materiais e simbólicas que esses servidores terão em suas vidas e pela forma desumana com que as pessoas têm sido tratadas nesse país.
Que esses servidores possam seguir suas vidas de cabeças erguidas.
Aproveito para reafirmar que elas terão, em mim, sempre, o reconhecimento do trabalho prestado com seriedade e dedicação a esse Campus.
Como servidor, ex-diretor e amigo, sou testemunha da qualidade desses profissionais e do amor de cada um pela UERN.
Quero registrar, ainda, que, entre os demitidos do CAMEAM/UERN, está uma das servidoras mais competentes e dedicadas à UERN com quem já trabalhei e/ou convivi nesses 30 anos que tenho de CAMEAM. O nome dessa profissional se chama *Marília Cavalcante de Freitas.* Ela é símbolo de integridade e competência, e ela é singular na seriedade e dedicação à Instituição. Não conheço duas Marílias no serviço público.
Pau dos Ferros/RN, 18 de janeiro de 2018
*Gilton Sampaio de Souza*
Professor da UERN

Nenhum comentário:

Postar um comentário