Prefeitura de Parnamirim cria conselho municipal e fundo próprio para tecnologia - Jornal Potiguar

Últimas

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Prefeitura de Parnamirim cria conselho municipal e fundo próprio para tecnologia

De natureza consultiva e deliberativa, o CMCTI vai orientar o governo municipal no desenvolvimento científico e tecnológico e julgar os projetos que demandem do Fundo Municipal de Apoio à Ciência

Processo para escolha dos representantes do novo conselho deverá ser feito dentro dos próximos 30 dias
A Prefeitura de Parnamirim, por meio do Grupo de Ciência e Tecnologia da Informação (GCTI) criou o Conselho Municipal de Ciência e Tecnologia da Informação (CMCTI) e o Fundo Municipal de Apoio à Ciência (FMACTI), por meio de lei publicada no Diário Oficial do Município. O processo para escolha dos representantes do novo conselho deverá ser feito dentro dos próximos 30 dias.
De natureza consultiva e deliberativa, o CMCTI vai orientar o governo municipal no desenvolvimento científico e tecnológico e julgar os projetos que demandem do Fundo Municipal de Apoio à Ciência, inclusive a criação do Parque Tecnológico de Parnamirim, ampliando as discussões em torno do projeto.
“A ideia é elevar a qualidade de vida da população, no que se refere aos padrões das necessidades sociais e ampliar a base técnico-científica no município, reduzindo o grau de dependência tecnológica, entre outras ações”, explica o Secretário Adjunto do GCTI, Dario Medeiros.
Parnamirim é referência no RN em ações de inclusão digital e infraestutura de TI. Em 2017, o município foi destaque nacional no IT Fórum Expo, um dos maiores da área, realizado no estado de São Paulo, tendo sido a única cidade do Nordeste convidada para expor seu case de cidade digital, inteligente e humana.
Para fortalecer este trabalho, o CMCTI de Parnamirim será um órgão vinculado à Secretaria do Gabinete Civil, com a participação da Prefeitura Municipal e uma firme e valorosa parceria, que inclui a Câmara Municipal, o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN).
Além disso, o CMCTI contará com apoio da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), Federação do Comércio do Rio Grande do Norte (FECOMERCIO/RN) e o Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas do Rio Grande do Norte (SEBRAE/RN).
Também terão representação no CMCTI, a Fundação Norte-rio-grandense de Pesquisa e Cultura (FUNPEC), Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência (SBPC), ALA 10, Universidades Privadas e representantes que tenham atividade acadêmica no Município de Parnamirim.

Fonte: Agora RN

Nenhum comentário:

Postar um comentário