Jovem morre ao sofrer choque usando escova elétrica de cabelo no CE, diz família - Jornal Potiguar

Últimas

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Jovem morre ao sofrer choque usando escova elétrica de cabelo no CE, diz família

Camila Sales era casada há três anos e deixou um filho de um ano e meio

Camila Sales, 22, morreu após levar choque com uma escova elétrica de cabelo que havia acabado de ganhar, em Caucaia, Região Metropolitana de Fortaleza. (Foto: Arquivo Pessoal)
Uma jovem de 22 anos morreu após sofrer um choque quando usava uma escova elétrica de secar cabelo em casa, em Cascavel, Região Metropolitana de Fortaleza, nesta terça-feira (20). Ela havia acabado de ganhar o objeto. Camila foi socorrida pelo marido e levada ao hospital, mas não resistiu.
A vítima era casada há três anos e deixou um filho de um ano e meio. Segundo a cunhada de Camila, Vânia Ramos, a jovem havia acabado de sair do banho e estava descalça no momento em que foi testar a escova elétrica.
“Ela foi testar, ligou normal na tomada, não estourou nem aconteceu nada. Ela tava na cozinha, o chão tava úmido e ela descalça, com o cabelo molhado, porque essa escova se usa com o cabelo molhado mesmo. Aí quando ela botou no cabelo, levou o choque”, conta a cunhada.

Brinde

A escova foi um brinde recebido por Camila após ela revender alguns produtos de maquiagem de uma empresa. O objeto foi dado a ela uma hora antes do ocorrido. A cunhada afirma que o brinde foi entregue por um homem, o mesmo que forneceu a Camila os materiais para a venda. No entanto, a família não conhece a pessoa.
“Ela tinha vendido batons pra depois receber um brinde. O brinde seria uma maleta de maquiagem, mas o homem que veio deixar deu a escova elétrica. Uma depois que tinha recebido, ela foi testar”, diz Vânia.

Piso úmido

O marido de Camila colocava cerâmica no piso da cozinha no momento do choque. Segundo Vânia, irmã do rapaz, foi ele quem puxou o cabo da tomada antes de socorrer a mulher. “Quando ele viu, ela tava se tremendo e a escova colada no rosto. Ele segurou ela. Ela ficou enrolando a língua, ele tentou desenrolar com o dedo. Ela tentou falar, mas não conseguiu, e foi apagando, ficando roxa”, conta.
Após pedir ajuda na rua, um motorista que passava levou os dois ao hospital. A jovem chegou a passar pela sala de reanimação, mas não resistiu, segundo a cunhada.
Velório e enterro da vítima ocorreram na tarde desta quarta-feira (21). De acordo com Vânia, marido e familiares de Camila estão “abalados”.
Um Boletim de Ocorrência sobre o caso foi registrado na delegacia do município. A escova elétrica e os materiais que estavam com Camila foram entregues à polícia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário