Dispositivo para ensinar música a surdos é premiado na Campus Party Natal - Jornal Potiguar

Últimas

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Dispositivo para ensinar música a surdos é premiado na Campus Party Natal

Dispositivo para ensinar música a surdos é premiado na Campus Party Natal
Utilizado nas dependências do Campus Apodi do IFRN, um dispositivo busca auxiliar na aprendizagem musical para deficientes auditivos. O Magmusic, que utiliza sinais luminosos para dar orientações rítmicas, é invenção do professor de música Magnaldo Araújo, servidor do Instituto, junto a Liebson Henrique, que possui formação técnica na área de Mecatrônica e é aluno do curso de engenharia da Universidade Federal Rural do Semiárido (Ufersa), desenvolveram o aparelho que indica aos usuários surdos como devem proceder ao executar determinadas células rítmicas presentes em músicas e exercícios musicais.
Segundo o professor, boa parte da aprendizagem musical está centrada na decodificação e organização dos sons, com o objetivo de criar um sentido musical, mas isso não impede surdos de aprenderem música: “A despeito de o aparelho auditivo humano ser o principal responsável por captar todas as frequências sonoras audíveis, por não possuir capacidade auditiva de captar os sons, a pessoa surda utiliza como principal meio de comunicação e percepção o sentido da visão”. 
Campus Future
Premiado com o primeiro lugar na categoria Campus Future da Campus Party, a invenção será parte de um Projeto de Extensão do Campus Apodi. Intitulado “Música, Tecnologias Digitais e Inovação: diálogos e possibilidades na formação musical”, a iniciativa está com inscrições abertas para receber alunos surdos. A ideia é aplicar, na prática, o Magmusic que, inclusive, tem o passo-a-passo de como os interessados podem criar o aparelho disponibilizado na internet. “Qualquer pessoa pode acessar os dados e construir o aparelho. Além disso, podemos realizar oficinas de criação do MagMusic”, disse o idealizador do dispositivo.
Como funciona o Magmusic
Buscando a implementação de soluções que ajudem e fortaleçam a participação de pessoas com diferentes deficiências nos espaços sociais, a saída é o investimento em soluções tecnológicas que possam mediar as relações promovendo a inclusão e acesso à educação de qualidade. Esse é o intuito do MagMusic, aparelho de iniciação rítmica musical voltado para surdos.
O aparelho emite sinais luminosos que simulam pulsações rítmicas ajustadas por Batidas por Minuto (BPM), onde cada lâmpada do aparelho tem uma função acionada pelo microcontrolador de acordo com a configuração inserida pelo usuário. Esta invenção tem sido desenvolvida para operação na área de Arte para ajudar pessoas com deficiência auditiva a aprender música, nossa ambição é desenvolver o produto também como aplicativo para celular, podendo atingir um maior número de pessoas.
Acesse:

Nenhum comentário:

Postar um comentário