Irmã de Getúlio Rêgo é citada como funcionária fantasma da Assembleia Legislativa do RN - Jornal Potiguar

Últimas

quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Irmã de Getúlio Rêgo é citada como funcionária fantasma da Assembleia Legislativa do RN

Mais encrenca para o deputado Estadual Getúlio Rêgo. Depois do caso Sandoval surge outro fantasma na vida do deputado.


O juiz Francisco Seraphico da Nóbrega Coutinho, titular da sexta vara da Fazenda Pública, em Natal, acatou o pedido do Ministério Público, em ação de Improbidade Administrativa, contra Maria de Fátima do Rêgo Siqueira, irmã do deputado estadual Getúlio Rêgo.

A irmã do parlamentar do DEM, foi nomeada para trabalhar na biblioteca da Assembleia Legislativa, em 2013, mas que nunca compareceu ao local de trabalho, sendo que a denunciada reside no Estado de São Paulo.

O magistrado deferiu o pedido ministerial, decretando a indisponibilidade dos bens de Maria de Fátima Rêgo, no montante de R$ 1.662.068,92, (Um Milhão, seiscentos e sessenta e dois mil e sessenta e oito reais e noventa dois centavos) com a finalidade de assegurar o ressarcimento integral do dano ao erário público.

www.jornalfolharegional.com.br
Informações de Robinson Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário