Garis fazem aniversário para menino de 05 anos apaixonado pela profissão no RN - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 8 de março de 2019

Garis fazem aniversário para menino de 05 anos apaixonado pela profissão no RN

Garis fazem aniversário para menino de 5 anos apaixonado pela profissão no RN

Um grupo de garis que trabalha na cidade de Parnamirim, na Grande Natal, fez uma surpresa para o menino Heitor César de Oliveira Silva, que completou 5 anos nesta quinta-feira (7). Eles promoveram, um aniversário com o tema de gari, profissão pela qual o garoto é apaixonado. Tudo foi feito de surpresa e até o bolo teve uma decoração especial.


A atitude dos trabalhadores é uma resposta ao carinho que o garoto tem com eles no dia a dia. Quando o caminhão da limpeza urbana passa pela rua Tomás Antônio Gonzaga, no bairro Liberdade, em Parnamirim, Heitor mostra admiração, conversa com os trabalhadores, além de oferecer lanches.

"Ele sempre oferece lanches, pede pra eu fazer cuscuz para os garis. Se eu fizer uma janta diferente, como uma pizza, por exemplo, ele pede para eu guardar também para eles", explicou a mãe do garoto, Sílvia Letícia de Oliveira. E o aniversário deixou Heitor bem satisfeito. "Eu gostei, porque eu gosto dos garis, amo os garis", disse o menino de 5 anos.



Como Heitor é apaixonado pela profissão, a família mandou fazer uma roupa semelhante à que os garis trabalham, com a cor laranja, e o garoto foi fantasiado para o carnaval da escola. Mas ele queria também uma festa de aniversário temática. Foi quando, na quarta-feira de cinzas (6), um dos proprietários da empresa de limpeza urbana que trabalha na rua do garoto, ligou para a mãe dele e para o pai, Gaspar Ferreira da Silva, dizendo que ele e os funcionários fariam uma surpresa.

"Quando eu soube disso, eu mandei fazer um bolo característico com o caminhão da limpeza e tudo. Foi emocionante. Ele é fã dos caminhões, dos garis", contou Mário Lopes, um dos proprietários da empresa, que esteve presente na festa.

A mãe do garoto não sabe de onde a paixão dele surgiu, mas cita que ele interage sempre que o caminhão passa. Quando tem algum funcionário que não o conhece bem e fala pouco com ele, Silvia explica que ele fica até com certa raiva. "Ele nunca me falou sobre querer ser gari quando crescer, mas ele os ama hoje em dia. Não sei de onde veio isso. Ele realmente gosta muito", disse.

O garoto também recebeu uma homenagem de dois garis no colégio. Vestido com sua roupa temática, ele recebeu a visita, sem esperar, dos profissionais da limpeza, que lhe deram um bolo e cantaram parabéns para ele.

Com informações do G1 RN
Via: Mossoró Notícias

Nenhum comentário:

Postar um comentário