Sargento da PM é preso sob suspeita de ter assassinado Zaira Cruz - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 15 de março de 2019

Sargento da PM é preso sob suspeita de ter assassinado Zaira Cruz

Sargento da Polícia Militar foi levado de Currais Novos para Natal; na capital, ele será ouvido pela polícia, passará por exames, e ficará sob custódia enquanto as investigações prosseguem

Zaira Cruz, de 22 anos, foi encontrada morta dentro de um carro em Caicó no dia 2 de março deste ano

Um sargento da Polícia Militar foi preso em Currais Novos pela Polícia Civil, por volta das 5h desta sexta-feira, 15, suspeito de ter assassinado a jovem universitária Zaira Cruz, de 22 anos.
A moça foi encontrada morta dentro de um carro no dia 2 de março, em Caicó, Seridó do Rio Grande do Norte, durante o Carnaval. O laudo do Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) apontou que a jovem foi morta por asfixia mecânica.
A Polícia Civil ainda investiga a motivação do crime, e se, além da asfixia, a moça teria sofrido algum outro tipo de violência. A polícia trabalha com a suspeita de que Zaira tenha sido assassinada fora do carro onde foi encontrada, para apenas depois ser colocada lá.
O sargento da Polícia Militar foi levado de Currais Novos para Natal. Na capital, ele será ouvido pela polícia, passará por exames, e ficará sob custódia enquanto as investigações prosseguem.

De acordo com novas informações da polícia, o suspeito teria dado carona a amigas da vítima por volta das 2h14 do dia de sua morte, quando ficou a sós com ela. A polícia crê que o homicídio tenha acontecido entre este momento e as 3h18, horário em que o sargento foi flagrado por câmeras de segurança sozinho. Ele teria aplicado um golpe “mata leão” para assassinar a jovem. Ainda segundo a polícia de Caicó, há indícios de que a moça tenha sofrido violência sexual antes de morrer.

Fonte: AgoraRN

Nenhum comentário:

Postar um comentário