Conjuntura política de Umarizal sinaliza para necessidade de gestor técnico para governar o município a partir de 2021 - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 3 de janeiro de 2020

Conjuntura política de Umarizal sinaliza para necessidade de gestor técnico para governar o município a partir de 2021


O ano de 2020 recém iniciou e o contexto de Umarizal aponta para um quadro que impõe um governante preparado para gerenciar o caos que assola o 'Gavião'.

O nome que ganha mais força nesse momento por ter um histórico alinhado ao que o município precisa é o do ex-prefeito Adson Luís, que notabilizou-se por uma administração que teve como marca a organização e o desenvolvimento de Umarizal.

Diante dos problemas vivenciados pela população local, pela falta de serviços públicos de qualidade, o nome de Adson desponta como o mais forte entre os componentes do grupo político, dada a experiência, capacidade de articulação e trânsito fácil entre deputados e senadores do estado.

Conhecido pelo seu perfil técnico, Adson Luís tem buscado sempre se qualificar, aprofundando seu conhecimento na área de gestão pública e atuando em diversos órgãos estaduais nos últimos anos. Tudo isso tem pavimentado o caminho natural para a volta de Adson à cena política de sua terra, pois num momento de tamanha dificuldade vivido por Umarizal há alguns anos, é preciso que cada político tenha senso de responsabilidade e do seu papel nesse processo.

Pelo andar da carruagem, a próxima eleição de Umarizal deverá ser bem disputada e o eleitor terá boas opções para escolher a quem conferir a honrosa missão de guiar os destinos da população pelos próximos quatro anos.

Resta aguardar e ver quais políticos terão a coragem de tentar enfrentar esse grande desafio de colocar Umarizal nos trilhos do progresso novamente. 

E Adson, ao que indicam as conversas de bastidores, poderá ser um dos que eventualmente colocarão seu nome à disposição, caso assim entenda seu grupo político e haja a confirmação do anseio popular em torno desse desejo, como, neste momento, apontam os rumos políticos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário