CRUZEIRO É ISOLADO NO RECIFE APÓS SUSPEITO DE CORONAVÍRUS - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 13 de março de 2020

CRUZEIRO É ISOLADO NO RECIFE APÓS SUSPEITO DE CORONAVÍRUS

Embarcação com 609 pessoas teve um canadense de 78 anos com sintomas da Covid-19; ele foi hospitalizado e os tripulantes e passageiros, retidos no navio.


Após um caso suspeito de coronavírus a bordo, um cruzeiro vindo das Bahamas, com 318 passageiros e 291 tripulantes, foi isolado na costa do Recife, na tarde de ontem.

Um passageiro canadense, de 78 anos, sentiu-se mal durante o desembarque, com sinais de infarto, e o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) foi acionado. Os agentes constataram que ele tinha febre, tosse e dificuldade de respirar, se encaixando como um caso suspeito para a Covid-19. O paciente foi encaminhado para um hospital privado do Recife.

Devido a isso, a Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) enviou uma equipe a bordo para verificar as condições sanitárias da embarcação e suspendeu o desembarque, orientado quem estava embarcado a não deixar sua cabine.

A agência também entrou em contato com operadoras de turismo para que acionassem os passageiros e tripulantes que haviam deixado a embarcação e os orientassem a voltar ao navio.

Todos ficarão isolados até que seja divulgado o resultado dos exames do canadense. O navio também só poderá seguir viagem após a confirmação da situação do paciente.

Segundo o “Diário de Pernambuco”, a embarcação se chama Silver Shadow e está a serviço da Silversea Cruises. O cruzeiro chegou ao Recife às 7h de ontem, vindo de Salvador, e partiria para Fortaleza às 23h, mas ficará atracado por um ou dois dias, enquanto os resultados não saem. Em caso de teste positivo, deverá entrar em quarentena.

O governo de Pernambuco anunciou ontem os dois primeiros casos confirmados de coronavírus no estado, ambos em Recife e vindos de fora do país.
Até a noite de quinta-feira (12), o Ministério da Saúde havia confirmado 77 casos do novo coronavírus (Sars-CoV-2), mas secretarias estaduais e hospitais já haviam comunicado outros positivos, levando o total do país a 132.

O ministério também anunciou que a portaria com as regras para isolamento e quarentena das pessoas suspeitas ou contaminadas com o novo coronavírus, publicada nesta quinta-feira, será corrigida para determinar que essas medidas sejam todas de caráter obrigatório.

Fonte: O Globo
Foto: Terceiro/Agência O Globo

Nenhum comentário:

Postar um comentário