EUA compram 300 milhões de doses de potencial vacina contra a Covid-1 - Jornal Potiguar

Últimas

quinta-feira, 21 de maio de 2020

EUA compram 300 milhões de doses de potencial vacina contra a Covid-1

Entretanto, a própria companhia farmacêutica que está desenvolvendo a vacina reconhece que ela ainda está em testes e pode não funcionar

Influenza: OMS divulga nova recomendação para vacina - PEBMED

O Governo dos EUA comprou 300 milhões de doses de uma vacina contra a Covid-19 que está sendo desenvolvida pela companhia farmacêutica AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A empresa afirma já ter vendido 400 milhões de doses, incluindo o pedido dos EUA, e que tem capacidade para produzir até 1 bilhão de doses da AZD1222 até o final do ano que vem.

Vale mencionar que a vacina, anteriormente conhecida como ChAdOx1 nCoV-19, ainda está em desenvolvimento e a AstraZeneca reconhece que ela “pode não funcionar”. Um teste clínico de Fase I/II com 1.000 voluntários saudáveis no sul da Inglaterra, com idades entre 18 e 55 anos, foi iniciado no mês passado.

Os resultados deste teste estarão disponíveis “em breve”. Se forem o esperado, testes de Fase III em larga escala, com até 30 mil participantes, poderão ser realizados ainda neste ano em vários países.

Segundo Alex Azar, secretário de saúde e serviços humanos dos EUA, “este contrato com a AstraZeneca é um marco na Operação Warp Speed, que visa a obtenção de uma vacina segura, eficaz e amplamente disponível até 2021”.

Várias outras empresa em todo o mundo estão em uma corrida para o desenvolvimento de uma vacina contra o vírus Sars-Cov-2, causador da Covid-19. Nos EUA a Moderna, uma empresa farmacêutica, anunciou que teve sucesso na primeira fase de testes de sua vacina, feitos com um grupo de 45 voluntários nos EUA. A empresa agora está iniciando a Fase II dos testes, com 600 voluntários. 

Fonte: Reuters via Olhar Digital

Nenhum comentário:

Postar um comentário