Boa notícia: números da covid-19 se mantêm em queda em Natal, no RN e no Brasil - Jornal Potiguar

Últimas

quarta-feira, 26 de agosto de 2020

Boa notícia: números da covid-19 se mantêm em queda em Natal, no RN e no Brasil

 Na décima primeira semana de monitoramento, apresentamos os gráficos e a análise da evolução epidemiológica da COVID-19, no Brasil, no RN e em Natal, elaborados pelo engenheiro Henrique Santana, com base em dados oficiais publicados pelo Ministério da Saúde (https://covid.saude.gov.br/) e pelo LAIS/UFRN/SESAP (https://covid.lais.ufrn.br/), a partir da média semanal do incremento diário de novos infectados e óbitos. Esta análise visa, tão somente, a avaliação da tendência nos números na evolução da pandemia. Semanalmente são atualizados os números que originam esses gráficos, pelo registro de casos diferidos e incluídos em datas passadas. Nesta semana voltamos a incluir a linha de tendência para melhor avaliação do leitor.

No Brasil, as médias das últimas três semanas confirmam a fase de queda de novos casos da COVID-19, com uma aceleração na redução média semanal. Na última semana a queda nesses números foi de 12%. Nas duas semanas anteriores essa redução foi igual em 3%. Quanto ao número de novos óbitos a tendência de redução também se mantém. Nas últimas 3 semanas a queda das médias móveis foi de 2%, 5% e 1%, respectivamente nos 7, 14 e 21 dias anteriores.

No Rio Grande do Norte, diferentemente do que vem sendo divulgado em outros veículos, a atualização dos dados confirmados de novos contaminados incluídos nas datas de seus registros, mostra um gráfico que repete a tendência de redução desses números. E essa redução é bastante estável e com percentuais muito representativos.

As médias semanais comparadas com os últimos números de 7, 14 e 21 dias, são de -49%, -45% e -43%, respectivamente. Ou seja, nas últimas três semanas, os números médios semanais de infectados por dia foram decrescentes em mais de 40% a cada período de 7 dias. Em relação ao número médio de novos óbitos diários, a tendência volta a ser de queda após um repique na semana passada. As médias semanais comparadas com os últimos números de 7, 14 e 21 dias, são de -49%, +26% e -37%, respectivamente.

 

Natal repete a tendência do estado. Os dados ratificam o decréscimo, agora acelerado, nos números diários de novos contaminados, com quedas de 88%, 44% e 43% nos últimos 7, 14 e 21 dias, respectivamente.

Da mesma forma, acompanhando os números do estado, houve um leve incremento positivo no número da média diária de óbitos na semana passada. Esta semana os valores voltam a indicar a fase de redução de mortos pela pandemia a cada dia. O incremento variou em -67% nesta semana, +40% e -56% nas outras duas.

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário