A Secretaria de Estado da Saúde Pública divulga nota e reforça a importância de seguir os protocolos de segurança para evitar o fechamento da economia - Jornal Potiguar

Últimas

sexta-feira, 20 de novembro de 2020

A Secretaria de Estado da Saúde Pública divulga nota e reforça a importância de seguir os protocolos de segurança para evitar o fechamento da economia



GOVERNO DO ESTADO DO RIO GRANDE DO NORTE

SECRETARIA DE ESTADO DA SAÚDE PÚBLICA

NATAL (RN), 19 de novembro de 2020

Nota

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap) vem a público reforçar a importância da população potiguar em manter a adoção dos cuidados para evitar o contágio pela Covid-19. A secretaria é contra qualquer tipo de aglomeração ou ação irresponsável que coloque em risco a vida do norte-riograndense. 

Os dados demonstram que após um período de queda sustentada e de estabilidade, as confirmações para a Covid-19 tornaram a aumentar. A pandemia segue cursos diferentes nas mais diversas regiões de saúde do Estado, e esse cenário continua a ser observado minuciosamente pela Vigilância Epidemiológica da Sesap para que consigamos continuar a traçar estratégias de prevenção ao novo coronavírus. 

Combater a Covid-19 exigiu e continua a exigir do Governo do Estado muita atenção e resiliência. Não foram medidos esforços para a emissão de decretos, para a abertura de leitos, contratação de profissionais, articulação com os municípios, ampliação da testagem, além da emissão diária dos boletins epidemiológicos para alertar aos potiguares.

As ações citadas foram fundamentais na tentativa de amenizar os impactos dessa doença devastadora no nosso estado e que permitiram a abertura gradual das atividades econômicas, mas que apenas se efetivaram porque toda a população entendeu seu papel e adotou medidas como o distanciamento social, o uso de máscara e a higienização frequente das mãos e uso do álcool em gel. 

Infelizmente, nas últimas semanas, as medidas foram desrespeitadas por parte da população. A Sesap clama, a cada cidadão, a cada órgão privado ou público: renovemos nosso pacto pela vida! Não subestime essa doença, a pandemia continua e permanece ceifando a vida de milhares de brasileiros. Se proteja e proteja quem você ama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário