Vacina da Sinopharm contra covid-19 tem 79,3% de eficácia, diz farmacêutica chinesa - Jornal Potiguar

Últimas

quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Vacina da Sinopharm contra covid-19 tem 79,3% de eficácia, diz farmacêutica chinesa

Foto: Fernando Zhiminaicela/Pixabay

A farmacêutica chinesa Sinopharm anunciou nesta 4ª feira (30.dez.2020) que sua vacina tem uma taxa de eficácia de 79,34% contra a covid-19 e informou que já entrou com pedido de uso emergencial do imunizante na China.

Segundo informações da agência Reuters, a taxa de eficácia é baseada em análises preliminares da fase 3 de testes. O resultado divulgado nesta 4ª feira é inferior aos 86% anunciados pelo ministério da Saúde e Prevenção dos Emirados Árabes no último dia 9 de dezembro.

O anúncio foi feito por um porta-voz da empresa, que não esclareceu o motivo dessa diferença de porcentagem na eficácia da vacina. Apenas disse que os detalhes seriam comunicados em outro momento, mas sem citar datas.

A Sinopharm é a 1ª a comunicar oficialmente o governo chinês sobre os resultados de eficácia alcançados durante a fase 3 de estudos de seu imunizante. Os ensaios clínicos da 3ª fase foram realizados com 31.000 voluntários nos Emirados Árabes Unidos. Os testes ainda foram feitos em: Bahrein, Egito, Jordânia, Peru e Argentina.

A farmacêutica desenvolve duas vacinas contra a covid-19, ambas usando a técnica de vírus inativado. Além da feita com o Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, a farmacêutica tem parceria com o Instituto de Produtos Biológicos de Wuhan.

As duas vacinas já são usadas na China em casos especiais desde agosto. Médicos, militares e diplomatas empregados no exterior foram vacinados.

O imunizante da Sinopharm não deve ser confundido com a vacina de outra farmacêutica chinesa, a Sinovac, que produz a CoronaVac (que vem sendo adquirida e desenvolvida no Brasil pelo Instituto Butantan).

Poder 360

Nenhum comentário:

Postar um comentário