O Ministério das Comunicações (MCom) participou do Congresso de Operações Policiais (COP 2022), evento dedicado ao tema da Segurança Pública, com congressistas e expositores brasileiros e da América Latina. Realizado em Florianópolis (SC), nesta terça-feira (22/3), o congresso contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria.

Em sua exposição, o ministro destacou a chegada da tecnologia 5G e suas aplicações no campo da segurança pública, nos setores de vigilância e monitoramento de grandes públicos, fiscalização de trânsito, reconhecimento facial, mapeamento da ocupação do solo e também de áreas desmatadas. Para Faria, a tecnologia de redes móveis de quinta geração “trará uma revolução no setor de segurança, fomentando a tomada de decisões, menor tempo de resposta e proporcionando mais sensação de segurança para o cidadão”.

O ministro ressaltou que a criação da rede privativa da Administração Pública Federal está entre as contrapartidas que empresas vencedoras do leilão do 5G precisam cumprir. A iniciativa tem o objetivo de “garantir segurança e confidencialidade às redes de governo para atendimento a atividades de segurança pública, defesa, serviços de socorro e emergência e outras atribuições críticas de Estado”, destacou.

5G EM SANTA CATARINA – Para o estado anfitrião do COP 2022, o 5G estará disponível em todas as sedes dos 295 municípios e mais 29 localidades e distritos. A capital catarinense já fez a atualização do seu marco legal de antenas (Lei Complementar 716/2021) e têm previsão de ativação do sinal até julho deste ano. Além disso, 92 trechos de rodovias federais em Santa Catarina serão atendidos com 4G, totalizando 1.758 km de cobertura.

Post a Comment

Facebook

header ads