Foto: Adriano Abreu

O setor de alimentação fora do lar em Natal mostrou indícios de recuperação nos primeiros meses de 2022. Segundo levantamento realizado pela Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel/RN), 41% dos estabelecimentos da capital disseram que janeiro de 2022 foi melhor que o mesmo período do ano passado. O número de empresários que relataram prejuízo nesse mês (37%) ficou abaixo da média registrada nacionalmente, que correspondeu a 43%.

Em uma análise mais aprofundada, a pesquisa também apontou que 24% dos estabelecimentos obtiveram lucro em suas atividades enquanto 37% permaneceram em equilíbrio econômico no período estudado. Comparado ao mês de dezembro de 2021, 44% disseram ter um faturamento menor em janeiro. De acordo com Max Fonseca, conselheiro nacional da Abrasel, o setor potiguar tem uma capacidade de recuperação muito rápida.

“Todas as evidências mostram que o RN tem se recuperado acima da média brasileira, até liderando em alguns momentos, e isso é muito bom. Vimos no primeiro ano da pandemia em 2020, quando em dezembro já tínhamos voltado aos níveis de emprego e de recolhimento de impostos anteriores à pandemia. Esse cenário vai ajudar as empresas nessa busca pela recuperação, já que muitos ainda operam no vermelho e tem empréstimos que tiveram reajustes acima do que era programado inicialmente”, disse.

Outro aspecto analisado foi a forma de pagamento escolhida pelos potiguares. Os dados mostram que 82% dos clientes usam o cartão de crédito como meio preferencial para pagamento nos locais, enquanto 13% usam a função de débito. Do mesmo modo, no serviço de delivery, a opção de crédito continua sendo a preferida por 76% dos clientes, com 10% utilizando o pagamento por débito e 2% pagando com dinheiro.

No entanto, a alta dos combustíveis que tem afetado a população de forma intensa também impacta o setor de alimentação fora do lar, algo que nem sempre é lembrado pelos consumidores e que acaba sendo refletido no preço dos serviços e produtos.

Tribuna do Norte

Post a Comment

Facebook

header ads