Foto: Cedida

O domingo (28) foi de tragédia para a família de Adriana Alves de Bessa, de 36 anos. Residente na zona rural de Encanto, no Alto Oeste potiguar, a mulher foi morta com pauladas e pedradas. O ex-companheiro se entregou à Polícia e confirmou a autoria do crime.

De acordo com os relatos da Polícia Militar, Kenedy José da Silva, de 39 anos, estava há pouco mais de dois meses separado de Adriana Alves. Porém, ele não aceitava o fim da relação e passou a ameaçar a vida da ex-companheira. Ele queria reatar o relacionamento, mas ela, que tem três filhos, já havia confirmado que não retornaria. Segundo familiares, ela teria informado anteriormente que estava sendo vítima de ameaças.

No início da tarde do domingo, Adriana teria ido encontrar Kenedy José e deixar comida para ele. Foi nesse momento que ela foi vítima de diversas agressões. O homem, usando um pedaço de madeira, atingiu o rosto da mulher e, após a queda, iniciou as agressões no chão, atingindo principalmente a cabeça. Vizinhos chegaram a ouvir as agressões e solicitaram socorro médico e da Polícia, mas a vítima morreu na hora. Uma pedra também foi encontrada ao lado de Adriana e há a desconfiança de que ela também tenha sido utilizada para atingir a cabeça da mulher.

Depois de matar a ex-mulher, Kenedy José seguiu até Pau dos Ferros e se apresentou na delegacia de Polícia, confirmando que teria sido o autor do crime. Ele foi preso e o caso será investigado. O corpo da mulher também foi levado a Pau dos Ferros, onde passará por necrópsia no Itep na cidade.

Tribuna do Norte

Post a Comment

Facebook

header ads