A decisão do Ministro Benedito Gonçalves não proíbe a utilização de imagens de multidão nos comícios de Jair Bolsonaro (PL) em Brasília (DF) ou no Rio. Isso fica claro na leitura das 15 páginas da decisão do corregedor do TSE. O PT pediu proibição total, mas foi atendido parcialmente, apenas. Gonçalves vetou exatos 8 minutos de imagens do evento oficial, 6 deles do presidente, e proibiu a TV Brasil de cedê-las para divulgação.

Post a Comment

Facebook

header ads