Sub-tit: “Quem quiser votar em mim, vote, quem não quiser vamos respeitar, as pessoas são livres, o voto é livre” dizia Styvenson Valentim na campanha.

O senador Styvenson Valentim do Podemos disse que não pretende ter a reeleição do seu mandato e que nas eleições de 2026 vai tentar se eleger governador do Rio Grande do Norte.

Vale destacar que o senador disputou ao cargo de governador nas eleições deste ano, obteve 307.330 votos, sendo responsável por 16,80% do total, ficando em 3° lugar no 1° turno.

Nessa disputa, ele foi candidato, mas não saiu de casa em campanha, nem fez comício, abriu mão do fundo eleitoral e da propaganda de rádio e televisão, e o pior, não pediu votos, o que explica o não êxito na disputa.

É importante ressaltar que o senador tinha chances concretas na disputa, chegou a ser apontado como 2° lugar nas pesquisas eleitorais, se tivesse investido ao invés de debochar de seus concorrentes e povo potiguar indo a lojas e shoppings em dias que deveria estar em campanha, poderia ter ido ao segundo turno com a governadora reeleita, Fatima Bezerra do PT. Será que ele teria mudado o pleito se tivesse feito campanha pelo voto?

Ele é uma incógnita, e agora, após ver sua chance indo por água abaixo, começou a mudança de comportamento, em entrevista a uma emissora de Natal, Styvenson Valentim afirmou: "Eu quero disputar o Governo. E terei mudanças no comportamento. Vou usar tempo de TV, tempo de rádio, começar a fazer divulgação parlamentar. Sempre devolvi dinheiro. Mas devolver dinheiro para o governo? Vou utilizar todas as armas que os outros usam."

Agora fica a pergunta, será que a chance real de Styvenson era em 2022? Só nos resta 2 opções, esperar por 2026 ou por outra mudança de comportamento do "pré-candidato".

Coluna assinada por Rállyson Nunes/DRT 2233/RN

Post a Comment

Facebook

header ads